sexta-feira, abril 06, 2007

Jogos Olímpicos de naçons sem Estado


Siareir@s Galeg@s


Este mês conhecíamos umha proposta da Generalitat de Catalunha para a criaçom duns Jogos Olímpicos de naçons sem Estado. A proposta foi apresentada ao Comité Olímpico Internacional (COI) e nela figuram até meio cento de naçons sem Estado que poderiam participar como Porto Rico, Flandres, Escócia, Quebeque, Palestina, Euskal Herria … além da própria Catalunha (se bem a Galiza nom aparece recolhida como possível participante). A Generalitat propom que a primeira ediçom destes Jogos se celebre em Barcelona no ano 2010.

Ante esta proposta Siareir@s Galeg@s queremos fazer algumhas consideraçons:

- Umhas Olimpíadas de naçons sem Estado, se bem nom enchem os nossos objectivos, seriam mais um espaço no que as selecçons nacionais galegas poderiam competir, mais um espaço para amosar o nosso potencial em diversos desportos e apresentar-nos como mais umha naçom sem Estado, ao lado doutras cujos conflitos nacionais tenhem mais eco internacional.

- De todos os jeitos temos que denunciar o carácter antidemocrático da actual Carta Olímpica do COI, que desde 1997 tam só permite a participaçom nos Jogos Olímpicos aos Estados independentes reconhecidos internacionalmente, negando os direitos de naçons como a nossa e limitando-as a competiçons de segunda categoría como a que propom a Generalitat.

- Queremos destacar também o silêncio da Direcçom Geral de Desportos, e por tanto da Junta da Galiza, ante a possibilidade de criaçom destes novos Jogos Olímpicos para naçons sem Estado. Desconhecemos qual é a opiniom da Junta e se se figérom ou vam fazer gestons para que a Galiza também participe nesta competiçom no caso de serem finalmente aprovada polo COI.

- Reclamamos da Direcçom Geral de Desportos um posicionamento em apoio da celebraçom destas Olimpíadas de naçons sem Estado, assim como, mais umha vez, umha actuaçom decidida (e nom palavras que nom se concretizam) no caminho da criaçom de selecçons nacionais oficiais a todos os níveis para o nosso país, lembrando que nom nos conformamos com jogos amigáveis umha vez ao ano.

Enviado por correo electronico por Pedro PArdo de Cela

Sem comentários: